Santolina

Santolina chamaecyparissus

1.50

0 out of 5

Nome vulgar: Santolina

Família: Asteraceae ou Compositae

Nome científico: Santolina chamaecyparissus

Origem: Zona Mediterrânea

Habitat: Solo seco, zona com aglomerado de pedras e solos calcários.


Envio de plantas através da loja-online apenas disponível para Portugal continental. Para Açores e Madeira, por favor contacte-nos.

Esgotado

Descrição

Ciclo de Vida:

A Santolina é uma planta de ciclo perene.

Preferências de cultivo:

A Santolina chamaecyparissus cresce muito bem em solos arenosos ou argilosos com boa drenagem e pobres em nutrientes. Tolera o pH ácido, neutro e alcalino. Necessita de estar inserida num ambiente húmido ou seco e com boa exposição solar. Esta planta não precisa de uma dose abundante de rega, pois tolera muito bem a seca.

Forma de propagação:

Sementeira – As semente não precisão de nenhum tratamento especial antes de serem plantadas. A sua plantação deve ocorrer na primavera, posteriormente os rebentos deverão ser repicados e colocados em vasos individuais, permanecendo aí até possuírem capacidade de ser transplantados para a sua posição permanente (deve ocorrer no fim da primavera inícios de verão).

Características ornamentais:

H:0,50m ᴓ 0,3m . Floresce de Julho a Agosto.

Descrição dos cheiros e sabores:

As flores possuem um cheiro repugnante  e as folhas um cheiro pungente.

 

Propriedades da Santolina

Medicinais:

Possui propriedades digestivas, cicatrizantes e estimulantes.

Condimentar:

As folhas aromáticas são utilizadas como especiarias, ligam bem com caldos, molhos e pratos de grão.

Outros:

É utilizado para substituir sebes, as folhas são utilizadas como repelente de ratos na roupa, as folhas secas são utilizadas na produção de pot-pourri, o óleo proveniente das folhas é utilizado em perfumaria. Para além disso esta planta tem propriedades desinfectantes e tintureiras.

Contra-indicações/ Efeitos secundários /Observações:

Observações: As folhas murchas ou pisadas se em contacto com pele sensível, podem desenvolver uma reacção alérgica grave.

Pragas e doenças, como combater:

É um óptimo repelente de pragas.

Como e quando se faz a colheita e/ou poda e quais as partes utilizadas. Quantos cortes por ano?

Partes utilizadas: Folhas;

Se pode ser usada em consociação (repelente/atraente) ou se é biopesticida.

É um óptimo repelente de insectos e ratos.

Curiosidades/Experiências pessoais.


Fontes:

Plants for a future, 1996-2013, Plants for a Futurewww.pfaf.org, agosto 2013

Notas:

O Cantinho das Aromáticas não se responsabiliza por nenhum efeito adverso do uso da planta. Deve sempre consultar um profissional antes de utilizar a planta para fins medicinais!

Imagem meramente ilustrativa. O estado de desenvolvimento da planta encomendada poderá não corresponder à imagem, sendo que o porte da mesma poderá variar com a espécie e com época do ano. Vaso 9, 10, 12 ou 14

Informação adicional

Peso 600 g

Reviews

There are no reviews yet!

Be the first to write a review

Delivery and Returns Content description.