• Brevemente vamos lançar novos workshops! Esteja atento(a)!

  • Já espreitou as últimas publicações do blog? Clique aqui!!

  • Subscreva a nossa newsletter para um desconto de 10%!

Salsa

Petroselinum crispum

1.50

0 out of 5

As folhas frescas e tenras da salsa, simplesmente cortadas, são ideais para temperar pratos. À salsa também se atribuem propriedades medicinais, como antioxidante e expectorante. As folhas são ricas em vitaminas A, B1, B2, C e D, isto se consumidas cruas, já que o cozimento elimina parte dos seus componentes vitamínicos.


Envio de plantas através da loja-online apenas disponível para Portugal continental. Para Açores e Madeira, por favor contacte-nos.

Descrição

Nome vulgar:

Salsa

Família:

Apiáceas (Umbelíferas)

Nome científico

Petroselinum crispum

Origem:

Sudeste da Europa e Ásia Ocidental

Habitat:

Pradarias, nas paredes e rochas, especialmente em calcário e perto da costa.

Ciclo de Vida:

Bienal

Preferências de cultivo:

Prefere solos arenosos, argilosos e de argila densa bem drenados. Tolera pH ácido, neutro e alcalino. Necessita de uma boa exposição solar directa ou em semi-sombra, preferindo solo húmido.

Forma de propagação:

Sementeira – Três sementeiras providenciam um fornecimento de folhas frescas durante um ano inteiro.  A plantação das primeiras sementes deve ser feita em estufa no fim do inverno. Os rebentos devem ser repicados e colocados em vasos individuais quando obterem o crescimento adequado, posteriormente serão transplantados para a sua posição permanente a meio ou no fim da primavera. A segunda rodada de sementeira é feita no exterior utilizando a técnica in situ a meio da primavera e a terceira é de semeação similar, mas deve ser efectuada a meio ou no fim do verão. A germinação ocorre passado 7 dias com a condicionante da temperatura se manter a 25ºC, ou 4-6 semanas se a temperatura não for constante e for mais baixa.

Características ornamentais:

h:0,6m ?:0,3m

Descrição dos cheiros e sabores:

Aroma e sabor intenso e fresco.

Propriedades da Salsa:

Rica em vários nutrientes de fácil absorção, incluindo vitamina C e E, ferro, boro e fitoestrogénios.
Condimentar: Indispensável na alimentação sendo utilizada em todo o tipo de pratos e cozinhados pela sua acção digestiva.
Medicinais: Antiespasmódico; Anti-reumático; Diurético; Nutritivo; Alivia gases.

Outros:

A salsa tem propriedades desodorizantes, sendo comum mastigar a sua folha para tratar mau hálito.

Contra-indicações:

O excessivo contacto com a planta pode causar inflamação na pele.É necessário cautela quando usado o seu óleo essencial devido ás toxinas presentes. Pode causar retenção de líquidos. Não se recomenda o consumo desta planta por grávidas, já que está associada à propensão do aborto. Evitar, se padecer de doenças renais e se estiver a consumir medicação alopática.

Colheita:

Colher sempre as folhas externas da planta, junto à base, deixando as folhas interiores. Vários cortes por ano entre Maio e Setembro.

Partes utilizadas:

Flores; Folhas; Raízes.

Em agricultura:

Atrai insectos polinizadores úteis ao ecossistema.


Fontes:
Plants for a future, 1996-2013, Plants for a Future, www.pfaf.org, agosto 2013

Notas:
O Cantinho das Aromáticas não se responsabiliza por nenhum efeito adverso do uso da planta. Deve sempre consultar um profissional antes de utilizar a planta para fins medicinais!
Imagem meramente ilustrativa. O estado de desenvolvimento da planta encomendada poderá não corresponder à imagem, sendo que o porte da mesma poderá variar com a espécie e com época do ano. Vaso 9, 10, 12 ou 14

Informação adicional

Peso 450 g