Na ausência de um link à notícia publicada pelo JN deste Domingo, deixo-vos uma cópia digital do artigo assinado por Daniel Deusdado. Muita gente reclamou do título da reportagem, mas aqui fica, em contexto, a possível explicação: Uso frequentemente a expressão “o meu belmirismo é pequenino” para tentar explicar que as minhas ambições materiais são pequenas também!!! A redacção terá optado por fazer daqui o título da reportagem!!! E pronto, já está, sim?!!!

Preciso de encontrar um recanto, cheio de carvalhos antigos e com uma linha de água limpa, algures em Terras de Basto (Minho ou Trás-os-Montes). Um local onde até a vista alcança, não enxergue casas e outro tipo de ruídos!!! Não preciso que tenha qualquer casa, preciso é de uma área superior a 5 hectares para ali desenvolver o meu futuro ecossistema agrícola. A preços de terreno agrícola e não do metro quadrado para o sô tôr do Porto que ali vai fazer a sua casa de fim-de-semana!!! Alguém conhece um lugar assim em Terras de Basto?! luisalves@cantinhodasaromaticas.pt

Deixe uma resposta