BIO » Página 8

BIO

A mostrar 113–128 de 169 resultados

A mostrar 113–128 de 169 resultados

  • Os Orégãos possuem um sabor quente com notas cítricas, que apresentam um ligeiro travo amargo a cânfora.

  • Orégãos (Origanum sp.)

    Principais utilizações:

    Medicinais: Em fitoterapia, usam-se na perda de apetite, dispepsias hipossecretoras, flatulência, cólicas gastrointestinais, disquinésias hepatobiliares, afecções broncopulmonares. O óleo essencial, topicamente, em inflamações orofaríngeas, na dor de dentes, e em fricções, no reumatismo.

    Cosmética: utilizado no fabrico de perfumes, principalmente do “tipo masculino” e águas-de-colónia.

    Condimentares: De sabor forte e apimentado, liga bem com saladas, massas, pizzas, peixe, sopas, carnes grelhadas e molhos à base de tomate.

    Fontes: Plantas Aromáticas em Portugal – Caracterização e utilizações – FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN – 4ª Edição – 2017.

    AVISO: O Cantinho das Aromáticas não se responsabiliza por nenhum efeito adverso resultante do uso indevido da planta. Deve sempre consultar um profissional de saúde antes de utilizar a planta para fins medicinais.

    Produto de agricultura biológica.

    Mínimo 500g

    Máximo 3000g

  • Surpreenda os seus amigos e familiares com um Pack de 6 caixas de 20 saquetas.

  • Perpétua-branca (Gomphrena globosa)

    Assim como a perpétua roxa, a perpétua branca é utilizada como béquico para suavizar a voz e combater tosses, rouquidões, gripes e laringites.

    Preparação: Verta cerca de 1 litro de água num recipiente, e leve a uma fonte de calor. Quando as primeiras bolhas no fundo do recipiente surgirem, remova da fonte de calor, adicione duas colheres de sopa da planta e deixe em repouso 5-10 min. Coe e sirva a gosto.

    Principais utilizações:

    Medicinais: Em fitoterapia é usada nas afecções das vias respiratórias. A infusão é utilizada como antitússico, protege contra inflamações da garganta. Sobre hemorragias fortes, principalmente menstruais (Di Stasi & Hiruma-Lima, 2002). Revilla (2002) retrata o uso fitoterápico da planta para problemas hepáticos, depurativos, diabetes, e para combater a hipertensão. Grandi et al. (1989) ressalva a infusão como diurética, na acidez estomacal, nas doenças das vias respiratórias e na digestão. Duke & Vasquez (1994) descrevem o uso da espécie em casos de hemorragia nasal e oligúria (diminuição de excreção urinária). Atividade hipotensora por redução da pressão arterial, sem alteração da frequência cardíaca (ARCANJO et al., 2011). Outro estudo realizado por Camejo-Rodrigues et al., (2003), no Parque Natural da Serra de São Mamede, em Portugal, revelou o uso da inflorescência contra rouquidão, preparando-se remédios por decocção e administrando-os por meio de gargarejos.

    Condimentares: utilizada como corante natural pela indústria alimentar.

    AVISO: O Cantinho das Aromáticas não se responsabiliza por nenhum efeito adverso resultante do uso indevido da planta. Deve sempre consultar um profissional de saúde antes de utilizar a planta para fins medicinais.

    Produto de agricultura biológica.

    Mínimo 500g

    Máximo 3000g

  • Perpétua-laranja (Gomphrena haageana)

    Assim como a perpétua-roxa, a perpétua-laranja é utilizada como béquico para suavizar a voz e combater tosses, rouquidões, gripes e laringites.

    Preparação: Verta cerca de 500 ml de água num recipiente, e leve a uma fonte de calor. Quando as primeiras bolhas no fundo do recipiente surgirem, remova da fonte de calor, adicione duas colheres de sopa da planta e deixe em repouso 5-10 min. Coe e sirva a gosto.

    Principais utilizações:

    Medicinais: Em fitoterapia é usada nas afecções das vias respiratórias. A infusão é utilizada como antitússico, protege contra inflamações da garganta. Sobre hemorragias fortes, principalmente menstruais (Di Stasi & Hiruma-Lima, 2002). Revilla (2002) retrata o uso fitoterápico da planta para problemas hepáticos, depurativos, diabetes, e para combater a hipertensão. Grandi et al. (1989) ressalva a infusão como diurética, na acidez estomacal, nas doenças das vias respiratórias e na digestão. Duke & Vasquez (1994) descrevem o uso da espécie em casos de hemorragia nasal e oligúria (diminuição de excreção urinária). Atividade hipotensora por redução da pressão arterial, sem alteração da frequência cardíaca (ARCANJO et al., 2011). Outro estudo realizado por Camejo-Rodrigues et al., (2003), no Parque Natural da Serra de São Mamede, em Portugal, revelou o uso da inflorescência contra rouquidão, preparando-se remédios por decocção e administrando-os por meio de gargarejos.

    Condimentares: utilizada como corante natural pela indústria alimentar.

    AVISO: O Cantinho das Aromáticas não se responsabiliza por nenhum efeito adverso resultante do uso indevido da planta. Deve sempre consultar um profissional de saúde antes de utilizar a planta para fins medicinais.

    Produto de agricultura biológica.

    Mínimo 500g

    Máximo 3000g

  • Perpétua-rosa (Gomphrena globosa)

    Assim como a perpétua roxa, a perpétua rosa é utilizada como béquico para suavizar a voz e combater tosses, rouquidões, gripes e laringites.

    Preparação: Verta cerca de 1 litro de água num recipiente, e leve a uma fonte de calor. Quando as primeiras bolhas no fundo do recipiente surgirem, remova da fonte de calor, adicione duas colheres de sopa da planta e deixe em repouso 5-10 min. Coe e sirva a gosto.

    Principais utilizações:

    Medicinais: Em fitoterapia é usada nas afecções das vias respiratórias. A infusão é utilizada como antitússico, protege contra inflamações da garganta. Sobre hemorragias fortes, principalmente menstruais (Di Stasi & Hiruma-Lima, 2002). Revilla (2002) retrata o uso fitoterápico da planta para problemas hepáticos, depurativos, diabetes, e para combater a hipertensão. Grandi et al. (1989) ressalva a infusão como diurética, na acidez estomacal, nas doenças das vias respiratórias e na digestão. Duke & Vasquez (1994) descrevem o uso da espécie em casos de hemorragia nasal e oligúria (diminuição de excreção urinária). Atividade hipotensora por redução da pressão arterial, sem alteração da frequência cardíaca (ARCANJO et al., 2011). Outro estudo realizado por Camejo-Rodrigues et al., (2003), no Parque Natural da Serra de São Mamede, em Portugal, revelou o uso da inflorescência contra rouquidão, preparando-se remédios por decocção e administrando-os por meio de gargarejos.

    Condimentares: utilizada como corante natural pela indústria alimentar.

    AVISO: O Cantinho das Aromáticas não se responsabiliza por nenhum efeito adverso resultante do uso indevido da planta. Deve sempre consultar um profissional de saúde antes de utilizar a planta para fins medicinais.

    Produto de agricultura biológica.

    Mínimo 500g

    Máximo 3000g

  • Perpétua-roxa (Gomphrena globosa)

    Infusão de cor muito bonita e sabor agradável. Tradicionalmente utilizada como béquico para suavizar a voz e combater tosses, rouquidões, gripes e laringites.

    Preparação: Verta cerca de 500 ml de água num recipiente, e leve a uma fonte de calor. Quando as primeiras bolhas no fundo do recipiente surgirem, remova da fonte de calor, adicione duas colheres de sopa da planta e deixe em repouso 5-10 min. Coe e sirva a gosto.

    Principais utilizações:

    Medicinais: Em fitoterapia é usada nas afecções das vias respiratórias. A infusão é utilizada como antitússico, protege contra inflamações da garganta. Sobre hemorragias fortes, principalmente menstruais (Di Stasi & Hiruma-Lima, 2002). Revilla (2002) retrata o uso fitoterápico da planta para problemas hepáticos, depurativos, diabetes, e para combater a hipertensão. Grandi et al. (1989) ressalva a infusão como diurética, na acidez estomacal, nas doenças das vias respiratórias e na digestão. Duke & Vasquez (1994) descrevem o uso da espécie em casos de hemorragia nasal e oligúria (diminuição de excreção urinária). Atividade hipotensora por redução da pressão arterial, sem alteração da frequência cardíaca (ARCANJO et al., 2011). Outro estudo realizado por Camejo-Rodrigues et al., (2003), no Parque Natural da Serra de São Mamede, em Portugal, revelou o uso da inflorescência contra rouquidão, preparando-se remédios por decocção e administrando-os por meio de gargarejos.

    Condimentares: utilizada como corante natural pela indústria alimentar.

    AVISO: O Cantinho das Aromáticas não se responsabiliza por nenhum efeito adverso resultante do uso indevido da planta. Deve sempre consultar um profissional de saúde antes de utilizar a planta para fins medicinais.

    Produto de agricultura biológica.

    Mínimo 500g

    Máximo 3000g

  • Perpétua-vermelha (Gomphrena haageana)

    Assim como a perpétua-roxa, a perpétua-vermelha é utilizada como béquico para suavizar a voz e combater tosses, rouquidões, gripes e laringites.

    Preparação: Verta cerca de 1 litro de água num recipiente, e leve a uma fonte de calor. Quando as primeiras bolhas no fundo do recipiente surgirem, remova da fonte de calor, adicione duas colheres de sopa da planta e deixe em repouso 5-10 min. Coe e sirva a gosto.

    Principais utilizações:

    Medicinais: Em fitoterapia é usada nas afecções das vias respiratórias. A infusão é utilizada como antitússico, protege contra inflamações da garganta. Sobre hemorragias fortes, principalmente menstruais (Di Stasi & Hiruma-Lima, 2002). Revilla (2002) retrata o uso fitoterápico da planta para problemas hepáticos, depurativos, diabetes, e para combater a hipertensão. Grandi et al. (1989) ressalva a infusão como diurética, na acidez estomacal, nas doenças das vias respiratórias e na digestão. Duke & Vasquez (1994) descrevem o uso da espécie em casos de hemorragia nasal e oligúria (diminuição de excreção urinária). Atividade hipotensora por redução da pressão arterial, sem alteração da frequência cardíaca (ARCANJO et al., 2011). Outro estudo realizado por Camejo-Rodrigues et al., (2003), no Parque Natural da Serra de São Mamede, em Portugal, revelou o uso da inflorescência contra rouquidão, preparando-se remédios por decocção e administrando-os por meio de gargarejos.

    Condimentares: utilizada como corante natural pela indústria alimentar.

    AVISO: O Cantinho das Aromáticas não se responsabiliza por nenhum efeito adverso resultante do uso indevido da planta. Deve sempre consultar um profissional de saúde antes de utilizar a planta para fins medicinais.

    Produto de agricultura biológica.

    Mínimo 500g

    Máximo 3000g

  • A infusão proveniente da perpétua-roxa possui propriedades medicinais. É utilizada para tratamento de garganta inflamada, dor de estômago, tosse e laringite.


    Envio de plantas através da loja online apenas disponível para Portugal continental. Para Açores e Madeira, por favor contacte-nos.

  • Infusão de um magenta apaixonante, exala uma palete de aromas da terra. As notas a beterraba, batata-doce e cogumelos são adocicados pelos aromas florais de rosas.

  • As folhas suculentas e os caules podem ser consumidos crus ou cozidos. De sabor algo salgado, é perfeita a acompanhar saladas e pratos de peixe.


    Envio de plantas através da loja-online apenas disponível para Portugal continental. Para Açores e Madeira, por favor contacte-nos.

  • Em Portugal é usada para culinária, infusões e também para o fabrico de licor, principalmente no sul do país.


    Envio de plantas através da loja-online apenas disponível para Portugal continental. Para Açores e Madeira, por favor contacte-nos.

  • O Poêjo possui um sabor intenso a menta com um ligeiro toque amargo.

  • Poêjo (Mentha pulegium)

    Principais utilizações:

    Medicinais: Em fitoterapia, as folhas empregam-se na falta de apetite, em digestões difíceis, na flatulência, em cólicas gastrointestinais.

    Cosmética: Externamente aplica-se em inflamações cutâneas. Utilizado no fabrico de perfumes, detergentes

    Condimentares: De sabor intenso e amargo, forte e mentolado, liga bem com peixe, açordas, sopas e saladas.

    Outros: repelente de insectos e ratos.

    Fontes: Plantas Aromáticas em Portugal – Caracterização e utilizações – FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN – 4ª Edição – 2017.

    AVISO: O Cantinho das Aromáticas não se responsabiliza por nenhum efeito adverso resultante do uso indevido da planta. Deve sempre consultar um profissional de saúde antes de utilizar a planta para fins medicinais.

    Produto de agricultura biológica.

    Mínimo 500g

    Máximo 3000g

  • Pólen em frasco, produto de Agricultura Biológica.

  • Uma mistura de condimentos perfeitamente equilibrados para pratos de Carne – Prado.

A mostrar 113–128 de 169 resultados

Entregas em 24 a 48 horas.
Receba a sua encomenda em menos de 2 dias

Portes grátis > 40,00 €.
Em encomendas com valor superior a 40,00 € para Portugal Continental oferecemos o envio.

Compras seguras.
Todas as transações são encriptadas, para sua segurança

Apoio ao cliente.
Das 9h às 18h, pode contactar-nos através dos meios disponíveis.