O meu Belmirismo é pequenino!!!

Na ausência de um link à notícia publicada pelo JN deste Domingo, deixo-vos uma cópia digital do artigo assinado por Daniel Deusdado. Muita gente reclamou do título da reportagem, mas aqui fica, em contexto, a possível explicação: Uso frequentemente a expressão “o meu belmirismo é pequenino” para tentar explicar que as minhas ambições materiais são pequenas também!!! A redacção terá optado por fazer daqui o título da reportagem!!! E pronto, já está, sim?!!!

Preciso de encontrar um recanto, cheio de carvalhos antigos e com uma linha de água limpa, algures em Terras de Basto (Minho ou Trás-os-Montes). Um local onde até a vista alcança, não enxergue casas e outro tipo de ruídos!!! Não preciso que tenha qualquer casa, preciso é de uma área superior a 5 hectares para ali desenvolver o meu futuro ecossistema agrícola. A preços de terreno agrícola e não do metro quadrado para o sô tôr do Porto que ali vai fazer a sua casa de fim-de-semana!!! Alguém conhece um lugar assim em Terras de Basto?! luisalves@cantinhodasaromaticas.pt

Cantinho na Time Out Porto

25 números depois da primeira edição, na qual tivemos o privilégio de estar, eis que a Time Out Porto dá novamente destaque ao Cantinho das Aromáticas, numa excelente lição sobre como adquirir plantas aromáticas!!! Vale a pena!!! E digam lá se as nossas plantinhas não ficaram bonitas nos vasinhos todos catitas?! Pois ficaram!!!

 

Onde comprar e onde aprender, muito importante!!! E só o Cantinho das Aromáticas se repete!!! Bem bonitas as nossas plantinhas!!! São de agricultura biológica!!! Para levar para casa e durar, não para falecer ao fim de uma semana!!! Só para lembrar os mais distraídos…

Conquistou e espero que continue a conquistar!!! Há muitas e boas ervas para se conhecer melhor!!!